Techinter

Desenvolvimento de Softwares: Dicas de Segurança para a Proteção de Dados

Desenvolver um software requer cuidados e estratégias para evitar o vazamento de dados. Veja o passo a passo para criar uma aplicação segura e eficiente.

Atualizado há 6 meses, publicado em
Lucas Matos
Desenvolvedor de software em computador
Desenvolvedor de software em computador

O desenvolvimento de softwares requer sistemas de compartilhamento de dados seguros e eficientes para manter as informações protegidas. Portanto, longe do alcance das ameaças virtuais.

Com a tecnologia usada nos ataques, os cibercriminosos conseguem criar estratégias para burlar as camadas de segurança implementadas nas aplicações.

Com isso, é preciso investir em medidas inteligentes de proteção durante todo o processo de desenvolvimento do software, desde a elaboração até a execução do programa.

Conheça agora 5 dicas de segurança digital para colocar em prática ao elaborar um software.

Passo a Passo para Segurança no Desenvolvimento de Software

1. Análise do Projeto

O primeiro passo é definir o objetivo do projeto para determinar a função do software e como ele irá solucionar o problema do usuário.

Para isso, é necessário levantar as principais informações acerca do tema e, posteriormente, os métodos que serão utilizados para o desenvolvimento do sistema.

2. Centralizar Informações

É imprescindível que o ambiente de trabalho seja um local seguro e sigiloso. Assim,  é necessário restringir o acesso ao software pelo menos nas primeiras etapas de desenvolvimento do projeto.

Os servidores também devem ser mantidos em isolamento, evitando ações externas e, consequentemente, o comprometimento dos dados.

3. Transferência de Dados

O padrão de segurança para desenvolvimento de softwares precisa ser alto e eficiente, oferecendo as condições ideais para a transferência de dados.

Para isso, a dica é investir em certificados do tipo PCI-DSS, usados em sistemas de cartões e que oferecem medidas centradas na criptografia para garantir a proteção das informações.

Homem fazendo o desenvolvimento de softwares
Homem fazendo o desenvolvimento de softwares

Além disso, ao realizar a transferência de dados, a melhor solução é utilizar um drive próprio da empresa, de preferência com autenticação e VPN estabelecidos. Drives externos, como Google, por exemplo, podem possuir regras de uso prejudiciais para o sigilo da operação.

1. Verificação de Códigos

Durante o desenvolvimento do software é necessário que o mesmo passe por etapas de verificação, como a validação de dados. O objetivo é encontrar e corrigir possíveis falhas, além de testar a usabilidade do programa.

Para isso, a empresa deve investir em técnicas avançadas de segurança para a validação de entrada e saída. Dessa forma, os profissionais conseguem configurar todas as ações do software, evitando a manipulação do sistema por parte dos cibercriminosos.

2. Home Office

Com a cultura do home office, muitos desenvolvedores passaram a trabalhar de casa. Porém, essa prática requer alguns cuidados redobrados na criação de softwares.

Portanto, certifique-se de instalar o melhor antivírus para computador, além de usar técnicas de criptografia a fim de evitar o vazamento de informações.

Com a solução Antivirus Plus, da Bitdefender, é possível proteger seu dispositivo em tempo real, prevenindo ataques phishing, fraudes e ameaças virtuais como vírus e ransomwares. Assim, o profissional consegue desenvolver novas aplicações em segurança e com total privacidade online.

Essas dicas no passo a passo para o desenvolvimento de softwares podem ser imprescindíveis para a segurança dos dados. Por isso, não deixe de colocá-las em prática.

Já desenvolveu softwares anteriormente? Tem outras dúvidas sobre o assunto? Compartilhe com a gente!

Lucas Matos

CEO e Editor-chefe

CEO, Fundador do Techinter e Redator Chefe. Estudante de Engenharia Civil e dono de um micro e-commerce de eletrônicos. Viciado em tecnologia, games, filmes e música boa.

O que achou do artigo? Comente!