Techinter

O inseto nano-robô espião

Cuidado! Aquele inseto, que às vezes lhe perturba, pode ser um simples mosquito nano-robô espião. Militares usarão pequenos insetos-robôs para espionagem.

Atualizado há 6 meses, publicado em
Lucas Matos
inseto robô
O inseto robô - menor do que a ponta de um dedo

Pesquisadores já estão imitando a natureza para a prática da espionagem. Com um simples inseto nano-robô os militares poderão espionar grupos rivais e aprimorarem as suas táticas de combate, ou ajudar e salvar vidas.

Os estudos dessa tecnologia nano-robótica foram financiados, segundo um artigo da RT News, pelos Estados Unidos em busca de aperfeiçoamento da espionagem em áreas restritas e com pouca visibilidade humana, ou seja, para o uso militar.

Hoje, também, essa tecnologia está ganhando cada vez mais destaque na área medicinal. Os médicos e cientistas estão querendo implantar um tipo de nano-robô nos corpos de pacientes, desse modo, curar algum tipo de doença e compreender melhor o corpo humano.

O que o inseto nano-robô pode fazer:

robo mosquito

O inseto-robô é capaz de voar e pousar em qualquer área. Pode seguir pessoas até o seu destino sem essas ao menos perceberem a sua presença. Além de seguir pessoas, o inseto nano-robô poderá tirar fotos, filmar com sons em tempo real, dá a localização, salvar pessoas em catástrofes, ou reféns presos, transmitindo informações das armas, a localização e até tirar o sangue para amostras de DNA.

Esse nano-robô poderá ser feito em diversas formas de diferentes insetos, como abelhas, moscas, libélulas entre outros.

Contras:

chinfra inseto

Infelizmente essa tecnologia pode ser usada para o mal. Além de ter sido projetada principalmente para o uso militar espião, ela poderá engatilhar várias guerras e hoje se sabe que outros países, além dos EUA, já fazem o seu uso, entre eles está Israel e isso pode ser preocupante, pois certos grupos de um país podem espionar outros rivais, desse modo, encadeando em mais guerras.

Esperamos que essa “pequena” tecnologia nos ajude na ciência e em abrir mais portas no avanço tecnológico e não o contrário.

Lucas Matos

CEO e Editor-chefe

CEO, Fundador do Techinter e Redator Chefe. Estudante de Engenharia Civil e dono de um micro e-commerce de eletrônicos. Viciado em tecnologia, games, filmes e música boa.

26 comentarios publicados. Comente também!

  1. Queria saber como eu faço pra compra um

    1. Não existe ainda comercialização desse protótipo, pois, além de ser para uso estratégico, seria inviável por conta do preço e da questão de “invasão de privacidade”.

  2. Podia colocar um remédio para acalmar o Presidente Kim jong-un 😈

    1. KKKKKKKKK. Concordo com você! 😀

  3. Cara eu sou fá de tecnologia como se monta cada protótico deste ai

    1. Quem sabe a gente não faça uma matéria mais aprofundada a respeito de nanotecnologia… 😛

  4. queria aprender como se constrói pra uso pessoal amei essa tecnologia

    1. Vamos fazer outros artigos a respeito de nanorrobótica! Fique ligado no ynternix

  5. gostei muito deste robô

  6. Agora tá explicado o jeito como se transmite uma espécie de vírus para toda uma população !! abram os olhos, as coisas estão acontecendo na nossa cara e ninguém esta percebendo !!

  7. Seria uma ferramenta poderosa, para coletar provas pra mandar corruptos pra cadeia.

    1. Provas? Cadeia? Josley Batista gravou o Presidente Temer negociando propina e o que aconteceu? Nossos queridos representantes o livrou de se ser INVESTIGADO kkk Somos palhacinhos.

      Pena de Morte para Políticos, Servidores corruptos e Executivos coniventes. Já!!!

  8. É um fato saber que a evolução da tecnologia pode ser usada para o mal. Mas prefiro tentar a creditar que será usada na saúde ou para resgatar vitimas.

    1. Também preferimos acreditar nessa hipótese 🙂

    2. Sr como posso virar espiã

  9. Onde comprar? Quanto custa? Não exatamente esse q coleta sangue um comum

    1. não há produção em larga escala. Ainda é algo experimental!

  10. legal. será que esse bichinho não poderia ser usado para espalhar a DENGUE, ZICA E A XICUGUNIA também! é interessante mesmo.

    1. Boa pergunta… O organismo do Aedes aegypti é diferente/ausente nos protótipos apresentados no artigo. A única forma de contaminação de qualquer vírus seria através do componente que faz a coleta de sangue para análise de DNA, mas, para isso, além de sugar, os insetos nano robôs teriam que também injetar possíveis invasores no sangue – Algo que não é muito difícil para a tecnologia desenvolvida. Essa questão só vai poder ser respondida na prática, será que já estamos vivendo esse futuro?

  11. Engraçado né, os EUA estão usando essa técnologia, então ta blz, agora quando o Oriente médio começa a usar tbm, ai começa a ser preocupante.
    Quer dizer q só os EUA podem usar, ninguem mais pode??? Faça-me um favor né.
    Como sempre os Estados Unidos são os bonzinho e o resto é MAU.

    1. porra vc fica evacuando pela booca, n tem o q falar fica quieeto

    2. Nós falamos que assim como EUA, Israel também está usando a tecnologia abordada. Não estamos dizendo que os Estados Unidos são bons, mas sim que qualquer um deles pode usar para a espionagem!

    3. quero saber quando a coreia do norte estiver com esta tecnologia na mao oque vai ser daqui para frente.

    4. Estaremos perdidos 🙁

  12. assustador

    1. a onde e assutador e muito legal